Análise Paradigmática, a cadeira básica da nova universidade

II CONGRESSO CIENTÍFICO DAS FACULDADES INTEGRADAS ESPÍRITA

 

  Autor(a): Vânia Costa

Email: vania.mauro@ig.com.br
Instituição de origem: Instituto de Noergologia da Unibem

Título do Projeto: SUGERE CADEIRA  DE ANÁLISE PARADIGMÁTICA EM TODOS OS CURSOS SUPERIORES

Área do Projeto:  Instituto de Noergologia

Palavras chave:  Paradigma, Fases estimulante, paralisante e revolucionária, Noergologia, Axiomas, PPP , Paradigma do Passivismo Psíquico, efeitos camaleão e tapetão

RESUMO:

INTRODUÇÃO: Paradigma (P) é um conjunto de axiomas que estabelecem critérios de inclusão e exclusão científica durante determinada época, possuindo três fases:  estimulante, paralisante e revolucionária. A fase paralisante bloqueia o progresso: suíços que dominavam o mercado de relógios não enxergaram a mudança de P do relógio a quartzo, perdendo poder, emprego e dinheiro.

OBJETIVO: recomendar  a cadeira de Análise Paradigmática (AP) em todos os cursos universitários permitindo: 1- identificar os axiomas do P vigente da respectiva área de conhecimento; 2 – identificar a fase em que se encontra o P; 3 – localizar as fraudes que ensejam os efeitos “camaleão” e “tapetão”; 4 – descobrir os axiomas do novo P emergente, facilitando as revoluções científicas.

METODOLOGIA: AP permite reconhecer a fase em que se encontra o paradigma: fase estimulante propicia  progresso e  formulação de novas teorias e pesquisas. AP treina militantes de qualquer P vigente a: a) reconhecerem fraudes científicas como camaleão e tapetão, típicas da Fase paralisante; b) identificar axiomas emergentes na fase revolucionária. O progresso científico será conseqüência direta dessas atividades.

CONCLUSÃO: AP favorece o reconhecimento de fenômenos manipulados por qualquer P vigente. Na Psicologia acelerou a Revolução do Paradigma da Noergologia: o estudo do ser humano intencional dotado do sistema mente-cérebro ativo e criador contraposto ao homem passivo e inconsciente do velho paradigma  do PPP. Assim como Noergologia possibilitou o salto qualitativo do pensamento inconsciente passivo para o desenvolvimento do potencial noérgico, AP facilitará o progresso nas demais áreas como Medicina, Economia, Pedagogia, etc.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *