Efeito Dominó da Noergologia

O impacto da Noergologia será muito forte nas seguintes áreas:

1- DIREITO

2 – CIÊNCIAS HUMANAS

3 – POSTURAS MÉDICO X PACIENTE

4 – TODAS AS CIÊNCIAS PSI

5 – PEDAGOGIA  6 – EMPRESARIAL

7 LEGISLAÇÕES IMPONDO TÉCNICAS PSICOCRÁTICAS

Por isso a importância desses cursos em EAD, permitindo compreender esse momento de transição do paradigma mecanicista para o paradigma noergológico

A revolução de paradigma sempre  abala  os  saberes consolidados  no paradigma vigente e  abre, em contrapartida,  estimulantes  novas  fronteiras.   Surge,  como   principal  efeito vinculante ampliador, a possibilidade científica  de  pesquisar  e desenvolver o fantástico potencial mental. Paralelamente eclodirão inúmeros  efeitos dominó redutores, dos quais lembramos alguns: A REVOLUÇÃO PARADIGMÁTICA DA NOERGOLOGIA IMPLICA IMEDIATAMENTE EM PROFUNDOS EFEITOS-DOMINÓ: DIREITO, PEDAGOGIA, EM TODAS AS ATUAIS CIÊNCIAS “PSI”, SOCIOLOGIA, FILOSOFIA, FRONTEIRAS DE PESQUISA, GESTÃO EMPRESARIAL, GESTÃO DE PESSOAL, POLÍTICA, LEGISLAÇÃO PERTINENTE, EDUCAÇÃO DO INFANTIL À PÓS-GRADUAÇÃO, IMPLOSÃO SISTEMÁTICA E IRREVERSÍVEL DE QUALQUER DITADURA

DIREITO 
  1. Fim do álibi inconsciente, onde hoje conseguem asilo jurídico muitos criminosos;

  2. Criminosos seriais, assassinos brutais serão meridianamente percebidos como criadores de atos extremamente eficientes e não mais como vítimas inconscientes deterministas do próprio pensamento;

  3. Neuropatia forense substituirá a psicopatologia forense;

  4. Maníacos serão promovidos de insanos à atletas olímpicos meganérgicos e como tal imputáveis, tanto quanto karatekas quando fazem mau uso das suas habilidades;

  5. A segregação mental provocada pela imposição compulsória de psicodiagnósticos e psicotestes será criminalizada ao lado de outras formas de segregação, como por exemplo, a segregação racial;

  6. Abandono das figuras jurídicas descendentes do axioma da energia invasora;

  7. Imputabilidade da psiatrogenia e da psicocracia;

  8. A bruxaria instituiu a pena de morte da alma e do corpo. A psicanálise aboliu a pena de morte do corpo, mantendo a pena de morte da alma. A noergologia abolirá também a pena de morte da alma, com o fim da psicocracia.

PEDAGOGIA

    1. O conhecimento profundo dos axiomas paradigmáticos noergológicos e o domínio completo de conceitos alfagênicos, criadores e placebo deletará práxis psicopedagógicas e psicotestes projetivos ;

    2. Novos axiomas dão certeza absoluta que brincar com arma e filme violento treina comportamento agressivo, ao invés de aplacá-lo;

    3. Ênfase na imaginação ideoplásica e heurística e não mais na vontade;

    4. Sonho como campo de treinamento virtual;

    5. Técnicas alfagênicas;

    6. Nocivos testes vocacionais serão substituídos por informações de profissões em curso, as quais serão cíclicas e não permanentes;

    7. Ensinar a aprender e a se reciclar, será o objetivo central da pedagogia.

    8. A imposição de rótulos mecanicistas tais como “déficit de atenção” abandonarão completamente os ambientes pedagógicos;

    9. A ênfase da Noergopedagogia será na aprendizagem – aprender a aprender – e não mais no ensino

    10. O Conhecimento pronto e acabado acabou. Todos os agentes pedagógicos, educadores e educandos passam a construir e administrar conhecimento, isto é, informações, de forma constante.

    11. Capacidade de filtrar e administrar informações passam ser mais importante do que o mero acúmulo de informações.

    12. A cadeira de Análise Paradigmática deverá ser núcleo básico de todos os cursos, uma vez que essa disciplina ensina não só a acompanhar as mudanças, mas, sobretudo a gerá-las e administrá-las

    13. A sala de aula tradicional será gradualmente substituída por espaços de aprendizagem que estarão presentes em todos os momentos da vida cotidiana.

    14. Noergopedagogia substituirá teorias e práxis do instrumental mecanicista conhecido como Psicopedagogia.

PSICOLOGIA E HUMANAS

  1. Filosofia repensará o homem como agente de poder processador consciente de noergia;

  2. Fim da hermenêutica e de todos os saberes dependentes de par;

  3. Noergologia abrirá novos horizontes para a noergia e a capilarização do poder;

  4. Etologia não mais confundirá inato com adquirido, estudando os animais como seres capazes de aprendizado e comunicação inter e intrarracial;

  5. Sociologia introduzirá o conceito de psicoecologia;

  6. Marketing e publicidade ampliarão sua eficácia;

  7. Ecologia destronará o militante olimpiano, introduzindo o holocentrado;

  8. Treinamento empresarial abolirá técnicas catárticas, deixando de gastar dinheiro para humilhar seus executivos com práxis passivistas;

  9. Psicologia abandonará psicotestes, psicanálise, inconsciente e toda a psicocracia, unindo-se à neurologia, física, nanotecnologia e parapsicologia começando a pesquisar a mente ativa e criadora, substituindo a libido pela noergia, o que abrirá o caminho da sua verdadeira vocação;

  10. A noergologia, junto com a física, controlarão a percepção extrasensorial, casando pesquisas da meganergia com ondas superluminiais;

  11. Em breve, a noergologia estará pesquisando noergia controlando campos de energia e matéria;

  12. Técnicas alfanérgicas popularizadas farão o cotidiano das pessoas mais alegre, feliz, criativo e vibrante;

  13. A medicina aprenderá a otimizar o efeito medicamentoso com as idéias meganérgicas;

  14. A religião e o misticismo serão promovidos de sintomas neuróticos passivistas à atividades básicas do homem;

  15.  século XX que agoniza teve como ícones o hardpower, a energia atômica e a vontade férrea. A noergologia fará do século xxi a era do softpower, da noergia e da imaginação.

NOERGOHOSPITALAR

 UNITERMOS: illness é o fenômeno e desease é a percepção que o dono do fenômeno criou a respeito de illness. Exemplo de desease: cliente com perna amputada que continua sentindo dor no dedão do pé. Illness é só a perna amputada. Em pacientes oncológicos, a quimioterapia é illness. Mas, a percepção noérgica tanto da doença física quanto da quimioterapia pertence à categoria de desease.

NOERGOHOSPITALAR: é um conjunto de exercícios noérgicos com objetivos definidos e distintos, embora coadjuvantes entre si, dentre as quais destacamos as telas imagéticas e a TÉCNICA DO BUTANTÃ, transformando veneno em remédio usando práxis que ajudem o cliente a criar uma nova dimensão perceptiva para a sua illness.

TELAS IMAGÉTICAS IDEOPLÁSICAS: objetivam criar meganes, maquetes mentais favoráveis à solução do problema tanto enquanto illness, como enquanto desease:

  1. Otimizando o efeito placebo com o medicamentoso num primeiro momento;

  2. Auxiliando clientes a mudarem seu desease;

  3. Na preparação para o pré-operatório, pré-parto;

  4. Diminuir os efeitos colaterais de tratamentos como os oncológicos;

  5. Minimizar os efeitos da menopausa;

  6. Em pacientes terminais objetivando dar-lhes qualidade de vida plena, lembrando de envolver médicos, paramédicos e familiares; 

  7. A contaçào de histórias e outras atividades lúdicas já operam numa linha semelhante;

  8. CARTILHA DE NOERGO HOSPITALAR: em elaboração, destinada a todos os que estão envolvidos com paciente hospitalar – do médico ao familiar.

  9.  uas linhas de pesquisa estão em andamento: a) a hipótese de que telas imagéticas possam no futuro diminuir sensivelmente a necessidade medicamentosa; b) o estudo dos recursos noérgicos na regeneração celular (óssea, hepática, tecidural, etc.);

  10.  VANTAGENS DA NOERGOHOSPITALAR SOBRE A PSICOLOGIA HOSPITALAR: É bom lembrar que a Psicologia Hospitalar continua vinculada ao velho paradigma do PPP– Paradigma do Passivismo Psíquico. Em decorrência dessa fatalidade histórica, ela continua trabalhando com os conceitos clássicos do PPP, entre os quais: a visão fragmentária e determinista do pensamento; a noesis passiva; a repressão; a transferência; as psicoterapias regressivas e a imaginação projetiva – teorias e práxis suscetíveis de gerar efeitos psiatrogênicos, agravando os problemas do cliente, segundo alertam as pesquisas da Psicóloga Elizabeth Loftus, bem como, as modernas pesquisas vinculando pensamentos e comportamentos significativos à meganes, e jamais às memórias ocultas;

  11.  NOERGOHOSPITALAR apresenta pelo menos três vantagens sobre a Psicologia Hospitalar ancorada no PPP: 1)   Diminui significativamente os efeitos psiatrogênicos, abordando o aqui e agora ao invés do espelho retrovisor do passado hic et nunc), de forma holocentrada e não olimpiana, com o foco no ser humano intencional e não determinista; teleológico e não arqueológico; 2)     Trabalha exclusivamente dentro de critérios científicos exigindo teorias e práxis replicáveis, ao contrário das abordagens do PPP que toleram teorias não replicáveis, como as clássicas teorias do inconsciente e da imaginação projetiva (insuscetíveis de replicabilidade e portanto anticientíficas), e conseqüentemente práxis aí ancoradas como psicoterapias regressivas; 3)     Vem obtendo resultados satisfatórios e rápidos- do ponto de vista do próprio cliente – em 85% dos casos, na otimização do “desease”, que muitas vezes é o principal problema do cliente; 4) Estudos recentes sugerem que a otimização do “desease” confere qualidade de vida ao paciente médico,e além disso, faz sinergia com o efeito medicamentoso. Noerobica® Hospitalar previne os efeitos colaterais maléficos das técnicas imagéticas comprometidas com o velho paradigma da Psicologia. Nossa experiência afirmativa com portadores de câncer tem sido bem sucedida.

NOERGOEMPRESARIAL

     O maior ativo da empresa não é passivo: é ativo e criador

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *