Manual de Gestão do Conhecimento

MANUAL DE GESTÃO DO CONHECIMENTO:

CONSTRUÇÃO DE PESQUISAS, TEORIAS E PRÁXIS CIENTÍFICAS

 Noergologista Jacob Bettoni

RESUMOparadigma é um conjunto de Axiomas que conferem ou negam cientificidade à teorias, pesquisas e práxis. Axiomas são regras e crenças fortíssimas, que estabelecem as condições apriori ou as cláusulas pétreas. Um conjunto de axiomas forma um paradigma.

MAPEAMENTO DE AXIOMAS é a tarefa de identificar e isolar os axiomas que compõem um paradigma. Análise Paradigmática é a disciplina que estuda os mecanismos paradigmáticos. Todos os paradigmas possuem ciclo vital dividido em três  FASES: estimulante, paralisante e revolucionária.

PARADIGMAS SÓ GERAM PROGRESSO efetivo nas fases estimulante e revolucionária. Na fase paralisante imobilizam e boicotam o progresso. Revoluções de Paradigma geram o efeito zero: zeram o conhecimento consolidado no velho paradigma, canalizando todas as pesquisas para a fase estimulante do paradigma emergente.

DESCOBERTAS NÃO PRODUZEM REVOLUÇÕES CIENTÍFICAS: Na fase paralisante, descobertas científicas não produzem revolução, antes provocam irritação nos militantes do velho paradigma, que manipulando os mecanismos camaleão e tapetão, transformam habilmente descobertas refutadoras em argumentos confirmadores do paradigma velho. O resultado destas manipulações exige os históricos conceitos de pansofia que tudo explicam: o íncubo da Medicina, o fluido da Física, o flogisto da química e o atual inconsciente da Psicologia, que ao invés de explicar tudo deixa tudo sem explicação aumentando consideravelmente a demanda por mais mecanismos camaleão e tapetão, gerando como efeito circular cumulativo realimentar as fraudes científicas.Foi assim que ocorreu com as descobertas da varíola, do sangue e não ar arterial, do geocentrismo.

ESSE FENÔMENO SE REPETE AGORA: descobertas como alfagenia, polissonografia, PET, etc. que claramente refutam as teorias passivistas (inconsciente, sonho psicanalítico, repressão, projeção, etc.) são  manipuladas despudoradamente e transformadas  com os mecanismos camaleão e tapetão, de descobertas refutadoras dos pilares passivistas, em descobertas confirmadoras. Quando esse ciclo paradigmático foi atingido só resta um remédio para o progresso nessa área do conhecimento: é a eutanásia do velho PPP e a adesão ao jovem paradigma emergente da Noergologia. Essa não é tarefa fácil. O principal obstáculo ao progresso é capitaneado exatamente pelo corporativismo e pelo Poder dos “doutores da área”. Khun percebeu isso com clareza e foi duramente criticado:  “Khun baixou o nível ao ridicularizar a neutralidade científica, trazendo a Ciência para a esfera humana, lembrando que ela também está agora maculada perenemente com interesses corporativos que traduziram idealismo por lucro e poder”.

O PARADIGMA EMERGENTE DA NOERGOLOGIA traz como resultados imediatos da revolução: a)Efeito da Visão Seletiva:  como conseqüência direta da morte dos mecanismos tapetão e camaleão, conseguimos enxergar e desfrutar descobertas científicas já feitas, e que estavam ou deformadas por camaleão ou escondidas por tapetão; b) esse simples fato incentiva uma avalanche de novas pesquisas e descobertas, as quais são turbinadas pelos salutares efeitos típicos da nova fase estimulante do paradigma emergente, que caminha agora para se difundir e consolidar como o novo paradigma vigente. A História das revoluções científicas mostra que elas são sempre acionadas, difundidas e implementadas não por multidões, mas sim por uma elite de pioneiros. Toda e qualquer revolução produz vítimas ou pioneiros. Venha sair na pole position fazendo parte desse grupo de líderes pioneiros da Noergologia. Pense em ser agente e não mais vítima das mudanças que movem o mundo científico.

REVOLUÇÕES CIENTÍFICAS COMO A NOERGOLOGIA constituem um processo cultural dinâmico histórico em andamento. Ignorá-las ou mesmo confrontá-las nem as inibe e nem as impede: Esse é um fenômeno observável e recorrente que vem se repetindo desde a saída do Homem de dentro das cavernas e toda a sua trajetória até a conquista do macrocosmo. Igualmente aqui o Homem repetirá a sua trajetória ascendente, desde a saída de dentro da caverna do inconsciente até a conquista do microcosmo,navegando agora no axioma de que pensamento não é inconsciente, pensamento é criador.

QUER SER TREINADO EM GESTÃO DO CONHECIMENTO? solicite o CURSO BÁSICO DE MECANISMOS PARADIGMÁTICOS EM CD-ROM

QUER CONHECIMENTO AVANÇADO? matricule-se no CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NOERGOLOGIA 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *